Depoimentos

Depoimentos de 2016(em vídeo): Clique aqui

Depoimento do Bolsista de ID José Pedro(Março/2015):

Durante esses dois anos e meios de participação no subprojeto PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência), tive boas experiências que, de certa forma, contribuirá para a minha carreira de docente ou para a minha vida pessoal, mesmo que um dia, eu não seja professor. Mas a minha participação no subprojeto, contribuiu muito para a minha vida acadêmica!

Todo esse tempo que estou no subprojeto, tenho tido contribuições na minha vida acadêmica. Como exemplos, posso citar concentração que, durante os estudos melhorou bastante, o fato de toda semana estar na escola ensinando alunos nas aulas de apoio ou em monitorias em sala de aula possibilitou-me aprendizado e concentração, além da melhora no desempenho em matemática básica.

Essa minha convivência na escola antes de me formar ou até mesmo antes do meu estágio, faz com que, aprenda a ser um professor e agir diante das dificuldades que aparecem em sala de aula, a viver com diferentes grupos social, econômico, religioso, entre outros e ainda, compreender melhor as dificuldades que os alunos apresentam em Matemática.

A minha participação no PIBID, ajudou-me romper dificuldades que eu apresentava em operações básicas. Vejo que a cada dia que se passa no subprojeto, aprendo mais, descubro maneiras diferente de se fazer algumas operações e a como ensinar. É uma oportunidade única que estou tendo enquanto estudante dentro do espaço escolar.

Em sala de aula aprendo bastante com os meus alunos, principalmente quando estou ensinando-os. Cada aluno aprende de uma maneira diferente e, as vezes, preciso pensar rápido para poder ensinar um aluno que está tendo dificuldade de aprender. Isso porque, as vezes os procedimentos que aprendemos ou que são apresentados nos livros didáticos do aluno ainda é um desafio e torna-se difícil para o aluno buscar tal compreensão sozinho.

No meu estágio não estava com medo de entrar em sala de aula, tanto para monitorar como para ser o professor regente. Eu estava mais seguro, já tinha ideia de como ensinar os discentes, pois, eu já faço parte do espaço escolar e isso me deu segurança para que eu pudesse entrar em sala de aula para dar aula.

Sobre o conteúdo deles? Eu já tinha um domínio dele. Mas isso se deu pelo fato de eu estar num projeto que traz benefício para o estudante de licenciatura. E o fato de que a gente tem que estudar mesmo para não poder passar nenhum tipo de vexame em sala de aula. Claro que não sabemos tudo ou somos obrigados a saber tudo, mas temos que nos esforçar para que o básico e o essencial sempre estejam na ponta da língua.

Posso afirmar! Este tempo todo no projeto, aprendo um pouco como é a vida de um docente em um espaço escolar. Eu tenho que reforçar que graças a este projeto tenho melhorado bastante no meu curso e que a minha concentração é bem melhor do que antes. Minhas notas melhoraram bastante, pois toda semana sempre estou estudando um pouco e isso tem me ajudado de alguma forma a vencer os obstáculos que enfrentei e que estou  enfrentando no curso de licenciatura.

Anúncios